[2017]

O QUE REALMENTE ESTÁ ACONTECENDO QUANDO ALGO ACONTECE?

Fundamentada em uma gargalhada muda coletiva, a performance busca tensionar as relações entre os corpos e as coisas, e aponta para o riso enquanto vetor político para problematizar o que existe entre contexto-artista-público-instituição. Uma representação sincera e silenciosa que se faz dispositivo empático, disfarçado de humor, para co/mover as contradições do nosso tempo através de situações coletivas que re/velam sentimentos/qualidades como: fragilidade, indignação, precariedade, incompreensão, absurdo, violência, censura e solidariedade.

Uma produção de Cristian Duarte em companhia
Concepção e Direção: Cristian Duarte
Performers: Aline Bonamin, Allyson Amaral, Bruno Freire, Carolina Repetto, Clarice Lima, Felipe Stocco, Fernanda Vinhas, Isabella Gonçalves, Júlia Rocha, Leandro Berton, Mayra Azzi, Maurício Alves, Patrícia Árabe, Paulo Carpino, Renato Linhares, Vinícius Possal e Tom Monteiro.
Dramaturgia: Cristian Duarte e Júlia Rocha
Produção/Difusão: Carolina Goulart/Cristian Duarte em companhia
Apoio: Casa do Povo/Lote e Verbo 2017 – Mostra de Performance Arte (13ª edição)
Pesquisa realizada com subsídio: Lote#5 através da 21ª Edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo
Fotografia: Haroldo Saboia e Rogério Ortiz